quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Janela da Frente - COLETES AMARELOS - Paulo de Morais



COLETES AMARELOS


A movimentação de cidadãos em torno de uma causa comum é sempre salutar. Em particular, deve ser saudada, num País com uma sociedade civil anestesiada, uma opinião pública pouco interventiva e, muitas vezes, manipulada por uma comunicação social servil ao regime.


É, pois, bom que as pessoas se manifestem, de amarelo, vermelho, azul ou preto. Se acham que o regime merece um cartão amarelo, então vistam-se de amarelo, em concentração, manifestação, ou até de forma isolada, no seu próprio local de trabalho. 

Manifestem-se, por poucos que sejam. Façam-no sem medo e sem ceder à pressão dos que pretendem coarctar a liberdade de manifestação ou lançar anátemas sobre manifestações espontâneas de cidadãos.

Numa manifestação informal, inorgânica e espontânea, ninguém deve assumir o seu comando ou tão-pouco apropriar-se da expressão da vontade dos demais. E, da mesma forma, ninguém pode ser responsabilizado por eventuais desacatos, a não ser os seus próprios autores ou quem os contratar ou manipular.

Aos que se manifestem (muitos ou poucos), desejamos uma boa jornada. De todos os restantes, apenas se exige tolerância democrática.


Das forças policiais, exige-se respeito pelos manifestantes pacíficos e legítimos, mas igualmente uma atitude implacável com quem perturbe a ordem, seja qual for o lado da barricada em que esteja (ou finja estar).

Paulo de Morais
19/12/2018

9 comentários:

  1. Coletes Amarelos é simplesmente uma operação de extrema direita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos: Uma Cultura Dogmática Corrompida de Contra-Reforma; Idolatria, Imposição, Embuste, Impostor, Roubo, Fraude, Corrupção, Confusão Social, Atraso Cultural, Um Atentado aos Direitos Humanos, Consciência, Inteligência, Intelectual e Espiritual, Engano, Mentira e Má-Fé, Incompetência, Política/Religiosa de Fascismo, Tradicional. Povo Silenciado.

      Ditadura Burocrática, Tecnocrática Nacional, Administrativa e Judicial, Exploração, Pobreza, Injustiça Social, Espoliação, Discriminação, Emigração, Divisão Social, Desastre Histórico, Contra a República o Canon da Lei e Justiça o Estado Social, Constitucional.

      Choque Dogmático, Divisão Politica da Direita e Esquerda, Justiça Politizada Nacional, Inconstitucional, Contra a Unidade, o Estado Social. Complementar Comentário, Com Fundamentos na Área Social.

      Eliminar
  2. ...talvez nem tanto, quanto o teu comentário ser de extrema esquerda!!!

    ResponderEliminar
  3. Não metam aqui os partidos porque estas manifestações são apartidárias e também se aparecerem indivíduos conectados com a extrema esq.ou dta.não são bem-vindos porque são pessoas que só armam confusão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos: Uma Cultura Dogmática Corrompida de Contra-Reforma; Idolatria, Imposição, Embuste, Impostor, Roubo, Fraude, Corrupção, Confusão Social, Atraso Cultural, Um Atentado aos Direitos Humanos, Consciência, Inteligência, Intelectual e Espiritual, Engano, Mentira e Má-Fé, Incompetência, Política/Religiosa de Fascismo, Tradicional. Povo Silenciado.

      Ditadura Burocrática, Tecnocrática Nacional, Administrativa e Judicial, Exploração, Pobreza, Injustiça Social, Espoliação, Discriminação, Emigração, Divisão Social, Desastre Histórico, Contra a República o Canon da Lei e Justiça o Estado Social, Constitucional.

      Choque Dogmático, Divisão Politica da Direita e Esquerda, Justiça Politizada Nacional, Inconstitucional, Contra a Unidade, o Estado Social. Complementar Comentário, Com Fundamentos na Área Social.

      Eliminar
  4. Os Portugueses: Sentem-se, Explorados, Enganados, Roubados, Pelos Governos, Partidos Políticos, PSD/CDS - PS. É Inadmissível, Milhares de Trabalhadores, Descontaram, Mais de 40 Anos, Para a Segurança Social, Recebem Reformas de Pobreza, Miséria; Foram Congeladas, Estão Muito Abaixo do Ordenado Mínimo Nacional, 427,39 euros. Esperam Justiça a Reposição e Actualização das Reformas. Aumentou a Desigualdade nas Reformas, os Impostos Aumentaram Inflacionados, Discriminação Social. Milhares de Euros, São Dados à Santa Casa da Misericórdia em Subvenções, Quando Ela Tem Um Património de Milhões, Incalculável. Idosos Doentes, Dependentes, Incapacitados de Mobilidade, Física Pessoal, Sem Meios Económicos, Para Pagar a Lares de Idosos ou Apoio Domiciliário em Casa. Um Atentado aos Direitos Humanos de Abandono Social do Governo, Estado. O Aumento da Pobreza, Retrocesso Social. Uma Vergonha Nacional, Homicídio, Suicídio, Colapso Físico, Eutanásia Social. Cultura de Contra-Reforma, Fascismo Político/Religioso, Pobreza Social Tradicional. Povo Silênciado.


    A Falência dos Bancos, BPN, Milhões Roubados à Economia Social Nacional, e Emigrantes, Embuste Disfuncional, Por Incompetência Política Nacional, Tradicional. Injustiça, Desigualdade, Discriminação, Contra-Reforma, Caridade Tradicional, Roubo, Fraude, Corrupção, Atraso Cultural Social, Falência Económica, Tanga, Pobreza em Colapso, Aumento da Emigração, Embuste, Tragédia Nacional. Contra a Democracia Reformadora, Republicana, Lei e Justiça, O Estado Social, Constitucional. Ditadura Burocrática; Tecnocrática, Política, Injustiça, Incompetência na Lei e Justiça Social. Insatisfação, Geração Traída, Tragédia Social, Pântano, Desilusão Politica, O Choque Dogmático, Divisão Social, Elevada Abstenção Eleitoral, Atraso Nacional. Complementar o Comentário. A Intervenção de Ana Gomes Sobre a Corrupção no Congresso, PS.


    Em 2008 - Recebiam 391,81 - Reforma - Ordenado Mínimo Nacional - 400 Euros. – Em 2018 - Ordenado Mínimo Nacional 580 euros - Reforma 427,39 euros. Miséria, Atraso Social, Injustiça, Discriminação, Desigualdade Tradicional, Aumento da Pobreza, é Inadmissível, Retrocesso Social. Vergonha Politica Nacional. Geração de Abril, Traída em Portugal.


    Ditadura Burocrática, Tecnocrática de Incompetência Política e Administrativa Nacional, Injustiça, Desigualdade, Discriminação, Desastre Social, Ocultismo Tradicional, Contra a Constituição da República Democrática, Lei e Justiça o Estado Social em Portugal. Complementar o Comentário.

    ResponderEliminar
  5. Temos: Uma Cultura Dogmática Corrompida de Contra-Reforma; Idolatria, Imposição, Embuste, Impostor, Roubo, Fraude, Corrupção, Confusão Social, Atraso Cultural, Um Atentado aos Direitos Humanos, Consciência, Inteligência, Intelectual e Espiritual, Engano, Mentira e Má-Fé, Incompetência, Política/Religiosa de Fascismo, Tradicional. Povo Silenciado.

    Ditadura Burocrática, Tecnocrática Nacional, Administrativa e Judicial, Exploração, Pobreza, Injustiça Social, Espoliação, Discriminação, Emigração, Divisão Social, Desastre Histórico, Contra a República o Canon da Lei e Justiça o Estado Social, Constitucional.

    Choque Dogmático, Divisão Politica da Direita e Esquerda, Justiça Politizada Nacional, Inconstitucional, Contra a Unidade, o Estado Social. Complementar Comentário, Com Fundamentos na Área Social.

    ResponderEliminar
  6. Eu de extremismos estou cansado...cansado de ver o povo ser extramamente mal tratado pela classe elitista da política, extremamente cansado de ver a forma como tratam os casos de corrupção que nos afundam em dividas. Sou "populista" porque defendo uma melhor condição de vida para os meus filhos, melhores condições de trabalho, trabalho desde os 18 anos e tenho direito a ganhar o RMN enquanto existem pessoas que não trabalham a tantos anos como eu e têm pensões vitalícias porque fizeram, mal,12 anos de serviço publico...

    ResponderEliminar