quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Janela da Frente - IRMANDADES. SECRETAS E PERVERSAS - Paulo de Morais




Irmandades. Secretas e Perversas.

Uma das mais poderosas sociedades de advogados nacional, a PLMJ, foi recentemente investigada no caso da “Máfia do Sangue”. Um dos seus sócios foi mesmo constituído arguido. Dois dos seus mais proeminentes representantes são José Miguel Júdice e Nuno Morais Sarmento, ambos advogados, políticos e comentadores televisivos, na RTP e na TVI. Nos seus programas semanais, ambos fugiram ao tema escaldante da corrupção nos negócios do sangue, com a cumplicidade dos jornalistas que, embevecidos, os entrevistavam.

Este é um modelo que representa o “modus faciendi” das sociedades de advogados. Usam a sua posição de comentadores nas televisões a seu bel-prazer para defender os interesses dos seus clientes e camuflar a informação negativa. Exemplos de personalidades de tripla face (políticos, comentadores e advogados) são muitos. Temos, assim, António Vitorino, sócio da firma “Cuatrecasas” ou Marques Mendes, da todo poderosa “Abreu Advogados”.

Sociedade igualmente relevante no panorama português é a “Morais Leitão, Galvão Teles Soares da Silva e Associados”. Lança jovens na política e no Direito como os ex-governantes Assunção Cristas, Adolfo Mesquita Nunes ou Paulo Núncio. Ou o actual advogado/deputado do CDS Francisco Mendes da Silva. Os interesses dos seus clientes são defendidos no comentário político televisivo na SIC por Lobo Xavier que comenta toda a actividade política e económica sem que os telespectadores se apercebam das suas ligações ao Grupo Mota-Engil, ao BPI e a outros tantos interesses.

É também destas sociedades de causídicos que sai a legislação que mais prejudica os portugueses, como a das ruinosas parcerias público-privadas, elaborada na “Jardim, Sampaio, Magalhães e Silva”, a que dão corpo e nome os socialistas Vera Jardim e Jorge Sampaio. Vera Jardim, que debate na rádio com Morais Sarmento, da já citada PLMJ. E até os interesses estrangeiros mais obscuros são representados por estas sociedades. A “Uria Menendez” vem defendendo, através do todo-poderoso Daniel Proença de Carvalho os interesses de Eduardo dos Santos, Ricardo Salgado e Sócrates. Proença faz comentário político na rádio sem revelar quem serve. Preside à Administração do “Jornal de Notícias” e pode assim censurar as vozes incómodas aos negócios dos seus clientes.  

As sociedades de advogados são, em Portugal, as irmandades perversas do regime, as verdadeiras sociedades secretas. Fazem Leis, dominam a política, condicionam a comunicação social. E os seus membros atuam disfarçados.

10 comentários:

  1. Apoiado!!!
    Um amigo meu ia a passar na alameda de um cemitério e leu na placa de uma campa: "Aqui jaz um homem honesto e um grande advogado". Foi ai que ele entendeu que já estavam a enterrar duas pessoas na mesma campa... Sinais dos tempos.

    ResponderEliminar
  2. Muito feliz por saber que abriu um blogue relativo aos escândalos rampantes em Portugal. Irei passar a ser um leitor ávido.

    ResponderEliminar
  3. O que posso fazer, senão dar-lhe o meu apoio moral, porque, quanto ao resto sou incapaz de alterar o que quer que seja.

    ResponderEliminar
  4. Faz falta em Belém pois isto só com afectos(e cinismo)não vai lá.

    ResponderEliminar
  5. Carissímos Senhores e Senhoras , desculpem-me a ousadia , ( é que sou novato nestas coisas ) mas diria eu, de que servirão todas estas ( mais do que justificadas ) manifestações de indignidade se , na hora da verdade ( eleições ) iremos todos a correr votar sempre no Polvo que nos controla há DÉCADAS ? Boa Noite !

    ResponderEliminar
  6. O que a maioria dos Portugueses, e não só, não parecem entender é o Facto de que em Verdade, não somos governados por politica, mas Sim por Lei!

    O acto de "votar" é Totalmente e Absolutamente Irrelevante! Pois a Governação foi Completamente USURPADA por estas Organizações Mafiosas e Privadas, onde por detráz das cortinas, se procede à Manipulação de legislação como instrumento de Governação efectuada Ilegitimamente e Impunemente, na total ignorância do povo.

    Estes "Clubes", Sociedades Secretas de advocacia, não nasceram de um dia para o outro... estas são Sociedades Criminosas com Centenas de anos de existência, que vêem manipulando Governos, Leis e Políticas de governação, sejam elas de ideologias Esquerdistas ou Direitistas...
    Estas "ideologias" foram criadas exactamente para manter o povo na Ignorância, Confuso, e Principalmente, DIVIDIDO!
    ("PARTIDO" = Quebrado, Fragmentado, Fraccionado, Escramalhado, Disperso... Dividido)

    O Povo vive totalmente Alienado ao que realmente se passa a nível de Governo, Governação, Legislação, Justiça... etc...

    Chegou a altura de Despertar do sono profundo a que a população se tem submetido desde a "queda das monarquias"...
    Não pensem que Democracia significa: "Governo pelo Povo"! Desde quando é que O Povo realmente "governou"? Desiludem-se!!!
    Demos = Povo
    Cracia = Controle, Governo...
    Demo-Cracia = Governo DO Povo! (Não, "governo PELO Povo")
    Entendem a Diferença?

    Acordem! Pois já se faz tarde!

    ResponderEliminar
  7. Eu,filho de pobres trabalhadores do campo e um simples operário emigrante na Holanda onde resido desde 1964 e já velhote,92 anos de idade,pergunto:-Será que êstes causídicos são «filhos da mesma escola»que formou ou formatou os apoiantes da Ditadura clerical-fascista do Estado Novo??!!

    ResponderEliminar